WWW.OIACO.NET
Notícias do interior
Notícias policiais
Entretenimento
Notícias de sena madureira

Investigação que prendeu secretários começou por acaso

Na madrugada desta sexta-feira, 10, a Polícia Federal deflagrou a operação G-7. Na ocasião, 159 policiais de diversas localidades do país deram cumprimento a 34 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos no município de Rio Branco e Tarauacá, no Estado do Acre. Na sequência, foram cumpridos 15 mandados de prisão. Entre os presos estão empreiteiros e servidores públicos, inclusive, secretários.
Durante a entrevista coletiva o delegado superintendente da PF, Marcelo Sálvio  e o delegado Mauricio Mocardi, esclareceram como chegaram até os acusados. Sem detalhar os procedimento adotado pela corporação, Sálvio  revelou que as investigações tinham como objetivo desarticular fraudes no sistema previdenciário, porém, vários indícios e diversos elementos incriminaram os gestores estaduais e empresários.
Sem se aprofundar nos detalhes da operação, os delegados informaram que desde setembro de 2011 as licitações do programa governamental Ruas do Povo estavam sendo manipulados. Eles são acusados de desviar cerca de quatro milhões de reais, de seis projetos em R$ 40 milhões.

por:oacreano
 

OBRIGADO PELA VISITA!

0 comentários for "Investigação que prendeu secretários começou por acaso "

Postar um comentário