WWW.OIACO.NET
Notícias do interior
Notícias policiais
Entretenimento
Notícias de sena madureira

Ocorrências policiais na Expoacre foram menores que em anos anteriores, aponta SESP

 Representantes da segurança pública detalham números de ocorrências durante a Expoacre (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Representantes da segurança pública detalham números de ocorrências durante a Expoacre (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
A cúpula da Segurança Pública do Estado reuniu-se na tarde desta segunda-feira, 5, na Secretaria de Segurança Pública (SESP), para apresentar um balanço das ocorrências registradas durante a Expoacre.
Os dados foram expostos pelo secretário de Segurança, Reni Graebner; secretário de Polícia Civil, Emylson Farias; diretora do Departamento de Trânsito, Sawana Carvalho e pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel José Anastácio dos Reis.
Reni Graebner revelou que no último final de semana não houve nenhuma ocorrência de homicídio na capital.
“Nesses três últimos finais de semana tivemos apenas uma ocorrência de homicídio. Isso é uma demonstração que a polícia está fazendo o seu dever. A polícia está trabalhando na parte preventiva e repressiva, de forma integrada para reduzir os índices de criminalidade”, comentou o secretário de Segurança.
Briga no Parque de Exposições foi “fato atípico”
Com relação às brigas registradas no interior do Parque de Exposições Graebner frisou que foi um fato atípico.
O comandante da Polícia Militar, coronel Anastácio, revelou num balanço das nove noites de feira a PM registrou que 18 homens e uma mulher foram conduzidos à delegacia; 18 menores foram apreendidos; houve apreensão de quatro armas brancas; 11 furtos; cinco lesões; quatro vias de fato (brigas); quatro desobediências e um desacato.
“Ano passado nós tivemos 38 apreensões de maiores; 25 menores apreendidos; 21 registros de furtos. Então, tivemos uma redução significativa, por sinal”, ressaltou o comandante.
Emylson Farias, secretário de Polícia Civil, frisou que a feira é um ambiente familiar, mas que podem registrar eventos atípicos como as brigas registradas no sábado, 3. O secretário comentou que a venda de bebidas em garrafas de vidro foi um agravante para as ‘vias de fato’ registradas no local.
Em virtude disso, o comandante da Polícia Militar adiantou que a cúpula da Segurança Pública já começa avaliar, a partir deste ano, a possibilidade de proibição da venda de bebidas em garrafas de vidros.
“Na noite de sábado 14 pessoas foram retiradas do Parque e conduzidas a delegacias. Estamos investigando de onde e de quem partiu o disparo de arma de fogo. O uso de garrafas para agressões fez com que algumas pessoas saíssem com ferimentos, entre elas, uma policial militar que passa bem”, afirmou o coronel da PM.
Trânsito tranquilo nas nove noites
Sawana Carvalho revelou que não foi registrada nenhuma vítima fatal no trânsito.
“Tivemos apenas dois acidentes com vítima no entorno da Expoacre. Um deles foi um pedestre que causou o acidente por estar embriagado. O trânsito fluiu bem com a liberação das rotatórias e os agentes também auxiliaram os pedestres”, disse Sawana Carvalho.
Segundo a diretora do Detran, o auxilio dos agentes do Departamento na travessia dos pedestres em frente ao Parque de Exposições evitaram que os participantes da feira que faziam a travessia naquela região sofressem acidentes.
Sawana Carvalho contou ainda que foram realizados 600 testes de bafômetro; registradas 54 autuações por embriaguez; 24 retenções de veículos e uma autuação por flagrante de embriaguez no trânsito.

por:ac.gov.br

OBRIGADO PELA VISITA!

0 comentários for "Ocorrências policiais na Expoacre foram menores que em anos anteriores, aponta SESP"

Postar um comentário